Vereadores arquivam pedido de cassação contra Lia Nogueira

A Câmara de Dourados optou pelo arquivamento da denúncia por quebra de decoro parlamentar contra a vereadora Lia Nogueira (PP).

A processante foi aprovada no dia 9 de agosto e o relatório apreciado durante a sessão desta segunda-feira (4/10) na Casa de Leis, antes dos 90 dias de prazo estipulados pelo regimento interno do Legislativo.

O documento de solicitação de arquivamento entregue pelo relator da comissão, vereador Jânio Miguel (PTB) foi aprovado por 17 parlamentares, com um impedimento.

Lia era investigada após a acusação da sua ex-chefe do gabinete, relatando supostas ameaças.

A processante foi presidida por Juscelino Cabral (DEM) e teve como membro o vereador Maurício Lemes (PSB), além de Jânio Miguel.