Polícia Federal ouve ex-candidatos a vereador sobre denúncia de caixa 2 na campanha

Ex-candidatos a vereador nas eleições do ano passado pelo PSD estão prestando depoimentos ao longo desta semana na sede da Polícia Federal de Dourados. Grupos começaram a ser ouvidos na segunda (18), teve outra parte que prestou depoimentos na terça (19) e na manhã desta quarta-feira (20) foram colhidos novos elementos da denúncia feita em junho por um dos ex-candidatos da legenda.

De acordo com Junior Leiva, o primeiro a ser ouvido em audiência do MP (Ministério Público) Eleitoral em Dourados após ter levantando o tema, membros da chapa de candidatos a vereador do partido foram orientados, durante a campanha, pela presidente da agremiação, Daniela Hall [a única vereadora eleita da legenda e atual líder do prefeito Alan Guedes na Câmara], a não declarar os valores que lhes foram disponibilizados pelo órgão partidário.

O ex-candidato a vereador pelo partido PSD de Dourados, Júnior do Nascimento Leiva, foi ouvido na tarde de segunda-feira (21), em junho, pela Promotora Eleitoral da 18ª. Zona da Comarca de Dourados, Claudia Loureiro Ocáriz Almirão, quando disse que a corrupção começa ainda durante a campanha, na distribuição dos recursos partidários e isso leva o político, depois de eleito, a continuar nesse ritmo, ou seja, “praticando atos de corrupção”.

 

Fonte: Douranews