Barbosinha indica as regiões para Governo implantar Arenas de Esporte em Dourados

O deputado Barbosinha encaminhou expedientes, após indicações protocoladas na Assembleia Legislativa do Estado, ao governador Reinaldo Azambuja e ao diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de MS), Marcelo Ferreira Miranda, sinalizando as áreas onde o Estado poderia determinar a instalação de seis das 100 arenas esportivas multiuso anunciadas pelo Governo como parte do programa “MS+Esporte” para atender ao grande contingente de desportistas que reclama essa necessidade em Dourados.

Depois de ouvir lideranças da comunidade, e de contatos mantidos com moradores dessas áreas, Barbosinha indicou como pontos estratégicos para a instalação desses equipamentos as áreas compreendidas pelos bairros Jardim Guaicurus, Jardim Vitória, Parque das Nações II, Vila Toscana, Residencial Campina Verde e no entorno da aldeia Jaguapiru II, à direita de quem vai para Itaporã no sentido da rodovia MS-156, onde existe apenas um acanhado campinho de futebol, enquanto do outro lado da rodovia predominam as quadras esportivas e a Vila Olímpica, embora subutilizada pela comunidade indígena.

Barbosinha participou, no dia 19 de outubro passado, do lançamento do programa “MS +Esporte”, maior pacote de investimentos na história do Mato Grosso do Sul para o setor, onde serão aplicados mais de R$ 120 milhões, envolvendo obras de reforma e construção de ginásios, instalações e complexos esportivos, entre diversos outros incentivos ao esporte. Como parte do programa, foram anunciadas mais de 100 arenas esportivas multiuso.

“A razão do nosso pedido, além de reforçar essa necessidade por mais espaços de lazer, prende-se também ao fato de que, na recente visita que fez a Dourados, o governador Reinaldo Azambuja anunciou que o Município receberia 6 arenas, motivo pelo qual consideramos regiões geograficamente estratégicas para receber esses equipamentos, uma vez que são locais onde predomina absoluta carência para a prática de esportes e o desenvolvimento de atividades culturais e de lazer”, justificou Barbosinha.

As indicações

De acordo com o deputado douradense, que sempre se manifestou disposto a contribuir com autoridades locais e mantém a sintonia com as demandas comunitárias, a região do Guaicurus, por exemplo, compreendendo os Residenciais Dioclecio Artuzi, Harrison de Figueiredo, Esplanada e adjacentes, experimenta um dos maiores índices de crescimento populacional, e não tem alternativas para o esporte e o lazer.

Da mesma forma, segundo ele, em relação aos demais pontos indicados, a comunidade da região do Jardim Vitória I e II, aliada aos bairros Jardim Aydê e Piratininga, tem essa carência, o que também é o caso do Parque das Nações II, “onde a população já estabeleceu praticamente uma outra cidade, porém, precisa de um olhar mais sensível do administrador público”, segundo Barbosinha.

Ele também defendeu a implantação de Arena Multiuso para atender a região do Residencial Campina Verde, nos fundos do Campo Dourado, onde moradores das sitiocas Campo Belo e do Residencial Bonanza também pedem mais atenção. Da mesma forma, a região da Vila Toscana, compreendendo os conjuntos Novo Horizonte e os Residenciais Roma I, II e III, merecem fazer parte desse programa governamental. “Inclusive, moradores da região informaram até que já existe uma área reservada pela construtora que implantou os novos loteamentos para esse tipo de equipamento”, acrescentou Barbosinha.

 

Fonte: Assessoria